Paulo era realmente contra casar?

Personal Skill Development

As palavras de Paulo sobre o casamento provocaram todos os tipos de debates durante séculos. Ele era a favor ou contra o casamento? Ele achava que ser solteiro era melhor?

Versículos individuais podem ser levantados para apoiar ambos os lados: ou que Paulo era um defensor do casamento, ou que ele o considerava um mal necessário. No entanto, como com todas as coisas na Bíblia, devemos olhar para o texto como um todo. Quando consideramos a passagem completa de 1 Coríntios 7, bem como outras passagens onde Paulo escreveu sobre o casamento, encontramos uma visão dinâmica do casamento e da solteirice que reconhece todas as bênçãos de Deus enquanto coloca o foco não nos desejos humanos, mas em Deus.

O que o Antigo Testamento diz sobre o casamento e o estado de solteiro?

Paulo, como seguidor de Cristo, escreveu à luz de toda a Escritura. Ao olhar para os textos que Paulo teria lido, podemos ter uma ideia de onde ele estava vindo.

O casamento é introduzido logo no início. Em Gênesis 2, antes que o pecado entrasse no mundo, Deus criou Eva, dizendo a respeito de Adão: “Não é bom que o homem esteja só. Farei uma auxiliadora idônea para ele” (Gênesis 2:18).

O que Paulo disse sobre o casamento e a solteirice?

Paulo preferia seu estilo de vida de solteiro, e continua ressaltando que ser solteiro pode ajudar uma pessoa a focar sua atenção totalmente em Deus, sem se preocupar em agradar o cônjuge (1 Coríntios 7:32-35). No entanto, Paulo enfatiza repetidamente que não é ruim se casar. Tanto casar quanto permanecer celibatário são formas válidas de viver uma vida dedicada a Deus. Um não é elevado sobre o outro; em vez disso, Deus tem chamados diferentes para cada uma de nossas vidas. Podemos ter problemas quando elevamos o próprio casamento a um objetivo. Mas tanto o casamento quanto a solteirice são boas dádivas de Deus, prodigalizadas a seus filhos. O casamento não é ruim, e o apóstolo Paulo também não pensava assim.

Leave a Reply